A Febrac tem a representação única e legal dos setores de serviços de Asseio e Conservação, Serviços de Limpeza em Geral de Edifícios, Móveis e Jardins, Limpeza Urbana, Preservação Ambiental, Medições, e os serviços de Hospitalidade terceirizados em geral, incluindo-se todas as atividades descritas na cartilha de orientação ao Tomador de serviços.


Descrição de algumas funções e atividades abrangidas representadas pela Febrac:
 

- Porteiros: Zelam pela guarda do patrimônio e exercem a vigilância de fábricas, armazéns, residências, estacionamentos, edifícios públicos, privados e outros estabelecimentos, percorrendo-os sistematicamente e inspecionando suas dependências, para evitar incêndios, roubos, entrada de pessoas estranhas e outras anormalidades; controlam fluxo de pessoas, identificando, orientando e encaminhando-as para os lugares desejados; recebem hóspedes em hotéis; escoltam pessoas e mercadorias; fazem manutenções simples nos locais de trabalho. O acesso a essas ocupações requer ensino fundamental. Os hotéis e as empresas de vigilância oferecem treinamentos ou recrutam os trabalhadores no mercado de trabalho e em instituições de formação profissional.

- Vigias: Zelam pela guarda do patrimônio e exercem a vigilância de fábricas, armazéns, residências, estacionamentos, edifícios públicos, privados e outros estabelecimentos, percorrendo-os sistematicamente e inspecionando suas dependências, para evitar incêndios, roubos, entrada de pessoas estranhas e outras anormalidades; controlam fluxo de pessoas, identificando, orientando e encaminhando-as para os lugares desejados; recebem hóspedes em hotéis; escoltam pessoas e mercadorias; fazem manutenções simples nos locais de trabalho. O acesso a essas ocupações requer ensino fundamental. Os hotéis e as empresas de vigilância oferecem treinamentos ou recrutam os trabalhadores no mercado de trabalho e em instituições de formação profissional.

- Faxineiros ou Serventes: Executa trabalho rotineiro de limpeza em geral em edifícios, escritórios, fábricas, escolas, hospitais e residências e outros locais, espanando, varrendo, lavando ou encerando dependências, móveis, utensílios e instalações, para manter as condições de higiene e conservá-los. Ou seja, remove o pó de móveis, paredes, tetos, portas, janelas e equipamentos, espanando-os ou limpando-os com vasculhadores, flanelas ou vassouras apropriadas, para conservar-lhes a boa aparência; limpa escadas, pisos, passadeiras e tapetes, varrendo-os, lavando-os ou encerando-os e passando aspirador de pó, para retirar poeira e detritos; limpa utensílios, como cinzeiros e objetos de adorno, utilizando pano ou esponja em bebidas em água e sabão ou outro meio adequado, para manter a boa aparência dos locais; arruma banheiros e toaletes, limpando-os com água e sabão, detergentes e desinfetantes e reabastecendo-os de papel sanitário, toalhas e sabonetes, para conservá-los em condições de uso; coleta o lixo dos depósitos, recolhendo-o em latões, para depositá-lo na lixeira ou no incinerador. Pode ajudar na remoção ou arrumação de móveis ou utensílios. Pode efetuar entregas de cartas e encomendas aos ocupantes do prédio. Os trabalhadores encarregados da limpeza de fachadas com jatos de areia ou de vapor estão classificados no grupo de base 5-59, trabalhadores de construção civil e trabalhadores assemelhados não-classificados sob outras epígrafes.

- Limpadores de Caixas D’Água: Manutenção e limpeza da caixa d’água, para verificar as condições de higiene e vedação, e prevenir a entrada de insetos e outros corpos estranhos, afastando, assim, o risco de doenças, como verminoses e infecções.

- Trabalhadores Braçais: Executar serviços que exijam grande vigor físico na execução dos serviços de limpeza e de conservação, de instalações, de móveis e de utensílios em geral; manter a boa aparência, a higiene e a conservação dos locais de trabalho; auxiliar na execução de atividades de montagem e de desmontagem de mobiliários, executar a remoção de mobiliários; coletar o lixo e acondicioná-lo em recipientes apropriados para depositá-los, posteriormente, em lixeiras, em incinerador ou em outro local previamente definido; recolher e zelar pela perfeita conservação e pela limpeza de equipamentos e de utensílios para a execução do trabalho, cuidando para evitar danos e perdas dos mesmos; executar serviços braçais de deslocamento de móveis e de utensílios, remoção de entulhos, pequenos reparos, capina e outros; manter e dominar máquinas industriais (de lavar, de lustrar, de aspirar pó e outras); executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade do serviço e orientação superior.

- Ascensoristas: Opera elevadores em empresas, repartições públicas, edifícios comerciais e outros locais de atendimento público, acionando os dispositivos de comando e obedecendo à escala de alternância de andares, ao limite de lotação e carga e a outras instruções, para conduzir passageiros e cargas aos locais solicitados ou determinados. Verifica o funcionamento do elevador, examinando os equipamentos, para localizar defeitos e evitar acidentes; controla a quantidade e o peso das pessoas e mercadorias a transportar, baseando-se nas imposições legais quanto à lotação e tonelagem máximas permitidas, para garantir a segurança dos passageiros e cargas; registra o andar solicitado pelo passageiro, pressionando os botões do painel de controle, para possibilitar a parada do elevador no andar correspondente; opera o elevador, ligando-o e desligando-o através de dispositivos automáticos e/ou manuais e fazendo-o parar nos andares solicitados, para conduzir passageiros e cargas aos locais determinados; zela pelo bom funcionamento e limpeza interna do elevador, constatando e comunicando avarias e outras anormalidades, para conservá-lo em condições de segurança e asseio. Pode coibir o uso de cigarros na cabine do elevador, para evitar consequências desagradáveis. Pode abrir manualmente a porta do elevador em casos de emergência por defeitos do automático ou falta de energia elétrica, para possibilitar a saída dos passageiros. Pode prestar informações ao público sobre a localização de pessoas ou dependências de serviços.

- Copeiros: Atendem os clientes, recepcionando-os e servindo refeições e bebidas em restaurantes, bares, clubes, cantinas, hotéis, eventos e hospitais; montam e desmontam praças, carrinhos, mesas, balcões e bares; organizam, conferem e controlam materiais de trabalho, bebidas e alimentos, listas de espera, a limpeza e higiene e a segurança do local de trabalho; preparam alimentos e bebidas, realizando também serviços de vinhos. Para o acesso ao trabalho nessa família ocupacional é exigido, no mínimo, o ensino fundamental incompleto e até um ano de experiência. A formação profissional ocorre com a prática no local de trabalho ou em cursos profissionalizantes. O mercado de trabalho tende a aumentar a exigência do nível de qualificação e profissionalização desses trabalhadores.

- Capineiros: Zelar pela limpeza e pela manutenção de jardins e de matas; executar serviços de poda e de capina; executar serviço braçal; executar serviços de montagem e de desmontagem de cercas com arame farpado, delimitando áreas; executar serviços de desmatamento; dar apoio no combate de eventuais queimadas; recolher e remover resíduos; utilizar ferramentas específicas, tais como: enxada, rastelo, carrinho, pá, foice, podão, alicate, tesoura, dentre outros; executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade do serviço e orientação superior.

- Dedetizadores: Prestam serviços diversos a empresas e pessoas. Combatem pragas. A ocupação de controlador de pragas requer ensino médio incompleto.

- Limpadores de Vidros: Limpa as janelas dos edifícios, empregando água, produtos de limpeza e esfregões, para mantê-las com boa aparência: lava os vidros da janela, utilizando água, soluções especiais, escova, esponja ou esfregão, para retirar o pó e manchas; enxuga os vidros, utilizando rodo, pano ou pele acamurçada, para evitar a oxidação ou estrago dos caixilhos; aplica substâncias especiais nos vidros, esfregando-os com pano acamurçado, para melhorar o aspecto dos mesmos e prolongar a ação da limpeza; limpa as partes de madeira das janelas, utilizando material apropriado, para dar-lhes melhor aparência e conservá-las. Pode limpar vitrines, espelhos e persianas. Pode trabalhar em grande altura, usando cinto de segurança ou gaiola metálica.

- Manobristas: Zelam pela segurança das pessoas e do patrimônio de edifícios de apartamentos, edifícios comerciais e outros. Atendem e controlam a movimentação de veículos no estacionamento; recebem objetos, mercadorias, materiais e equipamentos. O exercício dessas ocupações requer ensino fundamental. Os profissionais aprendem a profissão no próprio emprego.

- Garagistas: Organiza e controla o movimento de veículos de uma garagem, especificando vagas, preenchendo fichas e manobrando-os, quando necessário, para assegurar regularidade na disposição dos mesmos e impedir a entrada de veículos estranhos. Elabora um mapa de garagem, esquematizando locais de estacionamento, para aproveitar ao máximo o espaço disponível e facilitar a entrada e saída dos veículos; preenche ficha dos veículos, anotando as licenças, a entrada e saída e outros dados quantitativos e especificativos, para controlar o uso dos mesmos e facilitar a supervisão de sua movimentação; conserva as chaves de ignição dos veículos, guardando-as em local discreto, para possibilitar a locomoção dos mesmos na garagem, quando necessário; manobra veículos na garagem, acionando o motor e imprimindo-lhes movimento, para lhes dar melhor acomodação nas vagas.

- Operadores de Carga: Esses operadores, de um modo geral, operam empilhadeiras e guinchos para movimentar as cargas. Além disso, são responsáveis por inspecionar os dados sobre as cargas, a fim de identificar suas características para selecionar o tipo de transporte e armazenamento, assim como organizá-las e armazená-las de acordo com o prazo de validade dos produtos. Faz parte de suas atribuições realizar manutenções preventivas nos equipamentos que operam. Nesse caso, exercem atividades tais como verificar níveis de óleo, água e combustível, testar o funcionamento dos equipamentos, verificar estruturas de sustentação e identificar disfunções e avarias.

- Auxiliares de Jardinagem: Promover o auxílio na limpeza da grama de escolas e centros de educação infantil; auxiliar na jardinagem de pátios e jardins; auxiliar na
conservação de plantas, bosques e viveiros; auxiliar em outras atividades relacionadas a atividade de jardinagem.

- Contínuos ou Office-Boys: Transportam correspondências, documentos, objetos e valores, dentro e fora das instituições, e efetuam serviços bancários e de correio, depositando ou apanhando o material e entregando-o aos destinatários; auxiliam na secretaria e nos serviços de copa; operam equipamentos de escritório; transmitem mensagens orais e escritas. Para exercer essa ocupação exige-se escolaridade de quarta a sétima série do ensino fundamental, podendo o trabalhador fazer cursos profissionalizantes básicos de até duzentas horas/aula.

- Faxineiros de Limpeza Técnica Industrial: realizada por contratados, com habilidades para o manuseio de equipamentos pesados, tais como a Hidrojateadoras de Alta Pressão (com capacidade de remover rapidamente grossas crostas de sujidades) e Aspiradores de Alto Vácuo com capacidade para recolher grande quantidade de resíduos.

- Recepcionistas ou Atendentes: Recepcionam e prestam serviços de apoio a clientes, pacientes, hóspedes, visitantes e passageiros; prestam atendimento telefônico e fornecem informações em escritórios, consultórios, hotéis, hospitais, bancos, aeroportos e outros estabelecimentos; marcam entrevistas ou consultas e recebem clientes ou visitantes; averiguam suas necessidades e dirigem ao lugar ou a pessoa procurados; agendam serviços, reservam (hotéis e passagens) e indicam acomodações em hotéis e estabelecimentos similares; observam normas internas de segurança, conferindo documentos e idoneidade dos clientes e notificando seguranças sobre presenças estranhas; fecham contas e estadas de clientes. Organizam informações e planejam o trabalho do cotidiano. Essas ocupações requerem o ensino médio completo, exceto o recepcionista de hotel que tem como pré-requisito o ensino superior incompleto. É desejável curso básico de qualificação de até duzentas horas/aula e de um a dois anos de experiência profissional para o recepcionista, em geral.


Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego – www.mte.gov.br