Em Brasília na última quarta-feira (04), o presidente da Federação Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços de Limpeza e Conservação (Febrac), Renato Fortuna Campos e alguns membros da diretoria participaram da reunião da Câmara Brasileira de Serviços (CBS) da Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Um dos assuntos abordados foi a Reforma Trabalhista (Lei 13.467/17) e as mudanças na legislação trabalhista após a perda de validade da Medida Provisória n.º 808 que regulamentava alguns pontos do texto. Bem como, os efeitos da Instrução normativa, aprovada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), que estabeleceu que as mudanças valem apenas para os novos contratos. E mais, analisaram os reflexos na arrecadação das entidades sindicais com o fim da Contribuição Sindical obrigatória.

Outro importante tema discutido foi contratação de aprendizes, no qual o Ministério Público do Trabalho (MPT) tem atuado junto à justiça para que todos os setores, independentemente das especificidades, cumpram a cota estabelecida em lei.

Saiba mais...
Responsável por discutir assuntos diretamente relacionados ao setor de serviços, bem como buscar soluções para os problemas existentes, a Câmara Brasileira de Serviços tem sido fundamental para o desenvolvimento de vários segmentos econômicos.

A Câmara é um órgão consultivo da presidência da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que realiza estudos e fornece sugestões para a atuação política da entidade.

Os membros das Câmaras do Comércio, sob supervisão da Coordenação das Câmaras Brasileiras do Comércio (CCBC), alinham ideias e interesses para desenvolver e executar programas e ações voltados para as categorias econômicas que representam. Além de representantes do empresariado, também são convidados a participar das reuniões parlamentares e dirigentes sindicais.
Fonte: Assessoria de Comunicação Febrac

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar