As empresas têm até o dia 31 de janeiro para recolher, compulsoriamente, a contribuição sindical, conforme determina a CLT (Convenção das Leis do Trabalho). Para auxiliar o empresariado e os contadores no recolhimento da contribuição, a Federação Nacional das Empresas de Serviços e Limpeza Ambiental (FEBRAC) oferece serviço simples e rápido para emissão da guia sindical deste ano e anteriores. Para isto, os empresários devem acessar o site da entidade WWW.febrac.org.br, em seguida selecionar o Estado e preencher um cadastro com CNPJ, capital social, endereço, telefone e e-mail.

A Contribuição Sindical está prevista no art. 149 da Constituição Federal, e regulamentada pelos arts. 578 e seguintes da CLT, abrangendo todas as empresas autorizadas no estado, filiadas ou não. O recolhimento em atraso da Contribuição Sindical está sujeito a penalidades conforme estabelece o art. 600 da CLT. Além disso, implica multa de 10% (dez por cento) nos trinta primeiros dias, mais um adicional de 2% (dois por cento) por mês subseqüente de atr aso e juros de 1% (um por cento) ao mês de correção monetária. Por fim, é vedado às empresas inadimplentes participar de licitações públicas federais e firmar contratos com administração pública – Art. 607, da CLT. A falta de pagamento autoriza o ingresso de Ação Executiva Fiscal – Art. 606, da CLT. A contribuição sindical é fundamental para manutenção da atividade sindical.

Para mais informações entre em contato com a Srta. Milene Goulart pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pelo telefone (61) 3327-6390.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Febrac

Participaram gestores de contratos, assessores jurídicos e contratantes, dentre eles, pregoeiros da Cemig

Em janeiro, o SEAC-MG realizou em Belo Horizonte (MG) treinamento empresarial para apresentar a versão atualizada do Guia de Licitações e Contratos do SEAC-MG, com participação de gestores de contratos, assessores jurídicos e contratantes, dentre eles, pregoeiros da Cemig.

O conteúdo do Guia foi apresentado pelo assessor jurídico do SEAC-MG, também organizador da publicação, José Costa Jorge. Ao enfatizar os itens mais relevantes do Guia, ele não se ateve somente às questões jurídicas, destacando questões que devem ser consideradas pelos prestadores de serviços da iniciativa privada ou do setor público. “Qual a expectativa do cliente ao contratar um serviço e o que o mercado realmente espera”, destacou. Segundo ele, a contratada deve ser a solução e não um problema para o contratante, porque a essência da terceirização é transferir a atividade-meio para se concentrar na atividade-fim. “É importante também ouvir o cliente e agregar novos valores à prestação de serviço”, ressaltou.
Durante o treinamento, outras questões foram levantadas, propiciando um debate sobre a licitação, contratos administrativos, responsabilidade dos contratantes e contratados e, principalmente, a Instrução Normativa nº 02/2008, que dispõe também da fiscalização dos serviços pelo contratante da Administração Pública.

A Técnica de Planejamento e Suprimentos da Cemig, Cláudia Márcia Leite Ferreira, elogiou a iniciativa do SEAC ao promover o treinamento. “Esses eventos devem acontecer com mais frequência, pois incentiva o debate e aflora novos questionamentos”, disse a pregoeira da Cemig, destacando a importância do Guia como uma ferramenta essencial e objetiva para o dia a dia dos profissionais que estão diretamente ligados aos processos licitatórios.

Para os representantes do Grupo Proforte, Fausto Souza da Silva e André Melo, o assessor jurídico do SEAC destacou os principais pontos da licitação, oferecendo nortes que vão facilitar em muito a utilização do Guia, que entendem ser um facilitador para os departamentos afins das prestadoras de serviços.

A primeira versão do Guia foi lançada em novembro/97 e atualizada em dezembro de 2008, quando foi disponibilizada nos formatos impresso, Web e CD-ROM. A versão atual foi publicada no formato impresso, com mais de 400 páginas que reúnem jurisprudências, legislação e comentários referentes ao Pregão Eletrônico e Contratos Administrativos.

Fonte: SEAC-MG

Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Distrito Federal (Seac/DF) alerta as empresas quanto à necessidade de evitar desperdícios na conta de luz


Com o término do Horário de Verão, no dia 17 de fevereiro, as contas de energia elétrica das empresas tendem a subir, certo? Depende. Isso se forem mantidas algumas medidas eficientes de redução de gastos. De acordo com o Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Distrito Federal (Seac/DF), o manuseio correto dos equipamentos evita o desperdício de energia.

Entre as principais dicas de como consumir menos e produzir mais, está o dimensionamento adequado do ar condicionado para o tamanho do ambiente, além de manter os filtros limpos e as portas e janelas fechadas durante o funcionamento. "No verão, esse aparelho representa até um terço da conta de energia', alerta o presidente do Seac/DF. As lâmpadas fluorescentes compactas ou circulares são uma alternativa para os locais em que o uso ultrapassa quatro horas por dia. A pintura do teto e das paredes internas, com cores claras, e a luz solar diminuem a necessidade de iluminação artificial.

Os profissionais da limpeza possuem papel essencial e devem ser instruídos por treinadores qualificados. No refeitório, por exemplo, o indicado é arrumar os alimentos de forma que não se perca tempo para encontrá-los. “Muitas vezes, a marmita é guardada em recipiente ainda quente e sem tampa, isso facilita o consumo de energia. O asseio das serpentinas na parte traseira do aparelho também evita o susto na conta’’, aponta o especialista.

De acordo com a Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional (Abralimp), o saneamento torna o orçamento mais rentável, quando feito de maneira eficiente. Existem equipamentos que substituem a limpeza úmida pela seca, outros oferecem divisão de água limpa e suja, além do ganho econômico nas contas de água e luz.

“Alguns empresários não conseguem ver, inicialmente, a diminuição das despesas energéticas quando se investe em limpeza profissional. Mas, para os que já apostam nesse tipo de serviço, e reconhecem a diferença no orçamento mensal, não é preciso se desesperar’’, explica o presidente do Seac/DF, Luiz Cláudio La Rocca de Freitas. Ele reconhece que a reciclagem dos profissionais, periodicamente, motiva o contratante.

Dicas:

- Não obstrua a circulação do ar;

- Nos corredores externos utilize sensores de presença que se
acenderão somente quando houver circulação de pessoas;

- Elimine vazamentos de água, evitando desperdícios. Economizando água, você está economizando energia;

- Para subir um andar ou descer dois, procure utilizar as escadas. Um pouco de exercício é saudável e não faz mal a ninguém.

Fonte: Assessoria de Imprensa SEAC/DF

A Federação Nacional das Empresas de Serviços e Limpeza Ambiental (FEBRAC) promoverá no dia 27 de fevereiro, no período de 09h às 18h30, o Seminário Sucessão Familiar para Empresas de Terceirização de Serviços, que será realizada na sede da entidade localizada no SBS Qd. 02 Lt. 15 Bl. E Salas 1603 e 1604.

O Seminário é uma ação da FEBRAC com o objetivo de provocar a troca de ideias entre titulares e novas gerações para a gestão sustentável das empresas associadas. O evento viabilizará reflexão sobre pontos centrais para o planejamento da empresa em 2013.

A palestra será ministrada por José Renato de Miranda diretor da Consultoria de Impacto - Gestão & Marketing Ltda e autor dos livros Gestão e Marketing: agressiva solução para levar a sua empresa ao lucro, 3ª edição, cap. esp. Empresa Familiar, e Empresa familiar – é sim – um bom negócio!, recém-lançado.

Para mais informações pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pelo telefone (61) 3327-6390.

Fonte: Assessoria de Comunicação Febrac

Brasília será palco da primeira Assembleia Geral Extraordinária da Federação Nacional das Empresas de Serviços e Limpeza Ambiental (FEBRAC) de 2013, a ser realizada amanhã (26), na sede da entidade localizada no SBS Qd. 02 Lt. 15 Bl. E Salas 1603 e 1604. A reunião contará com a presença dos diretores e presidentes dos Sindicatos Associados e discutirá diversos assuntos afetos ao segmento.

No dia seguinte (27), será promovida Palestra sobre Sucessão Familiar com o objetivo de promover a conscientização sobre como lidar com a família na empresa, a condução do relacionamento entre gerações (familiares diretos e indiretos), ressaltar os pontos centrais para uma consistente gestão familiar numa empresa de serviços e dar subsídios para reflexão, planejamento e atitudes.

A palestra será ministrada por José Renato de Miranda diretor da Consultoria de Impacto - Gestão & Marketing Ltda e autor dos livros Gestão e Marketing: agressiva solução para levar a sua empresa ao lucro, 3ª edição, cap. esp. Empresa Familiar, e Empresa familiar – é sim – um bom negócio!, recém-lançado.

Para mais informações pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pelo telefone (61) 3327-6390.

Fonte: Assessoria de Comunicação Febrac