De acordo com a nova redação dos arts. 578 e 579, da CLT, a contribuição sindical passa a ser facultativa, condicionada à autorização expressa dos que participarem de uma categoria econômica ou profissional ou de uma profissão liberal.