Presidente da FEBRAC diz que palavras de Guedes “animaram” o empresariado do setor terciário

Avaliação do Usuário: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Em entrevista concedida ao portal Grande Ponto, o presidente da Febrac, Edmilson de Assis, disse que o empresariado brasileiro está “animado” com as palavras do ministro da Economia, Paulo Guedes, durante a reunião de Diretoria da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), realizada no Rio de Janeiro, na semana passada.

Segundo Edmilson, que participou do encontro empresarial junto com Guedes e outros empresários, o governo federal sinalizou que, uma vez reeleito o presidente Bolsonaro, o objetivo é “manter um Estado técnico e desaparelhado para um melhor ambiente de negócios no País, com redução de impostos e atenção social”.

Para o presidente da Febrac, a explanação feita pelo Ministro da Economia também mostrou que o governo está atento para o cenário econômico do ponto de vista do setor terciário. “Esse compromisso é um alento para empresas e empresários que fazem parte da Febrac”, disse.

Edmilson ainda que, de fato, o Brasil é agora uma onda de investimentos privados, conforme enfatizou em sua fala o ministro Paulo Guedes. Segundo o presidente da Febrac, serve de estimulo ouvir de um especialista como o ministro Guedes que, enquanto o mundo está indo para um momento de turbulência, com o fim do período dourado da globalização, no Brasil ocorre o oposto. “Hoje somos vistos como um porto seguro”, ressalta Edmilson.

Com informações do Portal Grande Ponto


Todos os direitos reservados a FEBRAC